Close

02/10/2017

Vinhos do Alentejo SP 2017 – Como foi o evento ?

Portugal já se tornou o segundo maior exportador de vinhos para o Brasil, e grande parte do sucesso está no esforço constante dos produtores em divulgar seus belíssimos vinhos por aqui. Estivemos neste dia 21/09 na edição Paulista do evento Vinhos do Alentejo e trazemos aqui o nossas impressões.

Os vinhos

Depois da degustação livre para imprensa e profissionais do ramo, pela primeira vez neste tipo de evento os expositores puderem vender vinhos em taças, com preços de R$5,00 a R$20,00. A decisão do evento eu acredito que tenha sido muito acertada, basta perguntar para quem já participou dessas degustações livres e sabe a confusão que fica o lugar. Taças a venda e tudo fica melhor e mais organizado.

Minha sugestão para o próximo evento: manter o modelo de venda de taças, mas incluir também um “menu degustação” pago, mas servido em porções menores, como naqueles copos de 25ml…

Copo 25ml

Lembre-se… 28 copinhos desses são uma garrafa inteira. Não exagerem!

Escolher entre 100 rótulos diferentes não é fácil e como não pude chegar a tempo para participar da seção de impressa, deixei de provar vários vinhos que tinha interesse em conhecer. Nem (apenas) pelo preço, mas imagine uma taça cheia para cada um deles…

Vinícolas e Importadores Presentes

  • Adega de Borba
  • Adega de Redondo
  • Cartuxa
  • Herdade da Farizoa
  • Cortes de Cima
  • Dona Maria – Júlio Bastos
  • Encostas de Alqueva
  • Esporão
  • Herdade da Malhadinha Nova
  • Mouchão
  • Herdade do Rocim
  • Herdade Grande
  • Herdade São Miguel
  • Casa Agrícola HMR
  • João Portugal Ramos
  • Lusovini
  • Medeiros
  • Monte da Capela
  • Monte do Pintor
  • Monte dos Cabaços
  • Monte Novo e Figueirinha
  • Herdade do Peso
  • Susana Esteban
  • Tapada do Fidalgo
  • Tiago Cabaço Winery

Gastronomia – Cultura de Boteco

Também novidade na edição 2017 do evento em São Paulo, o evento Vinhos do Alentejo abriu espaço para gastronomia com Botecos clássicos de São Paulo reunidos num “happy hour” de primeira organizado pela Sociedade Paulista de Cultura de Boteco, o que achei sensacional e realmente faz falta em outros eventos do gênero. Combinando bem com o evento encontramos, provamos e aprovamos a tradicional Bifana, um sanduíche típico do Alentejo a base de uma carne de porco que é cozida num tacho, com vinho branco, cerveja, cominho, alho, azeite, louro, limão, Vinho do Porto e mais outros temperos… Coisa linda.

bifana no pão

Bifana no pão. Não era exatamente essa que estava sendo vendida lá, mas tava bem deliciosa.

Mas na minha opinião a melhor experiencia quem proporcionou foi a Linguiçaria Real Bragança, produtor de magníficos embutidos artesanais. Provamos um “Mix de Alheira, Chouriço & Tradicional Defumada“… com ovinhos de codorna, pimentões com cebola e alho frito. Incrível não explica o quanto é bom esse prato e se não acredita, olhe a foto!

Mix de Alheira, Chouriço & Tradicional Defumada

Eu chamo esse prato de “Amor Verdadeiro” e quero muito casar com ele.

O evento Vinhos do Alentejo vale a pena?

Vinhos do Alentejo

Bela concentração de pessoas felizes e com taças cheias.

O grande diferencial do evento em comparação com outros que vem acontecendo na cidade foi a tranquilidade com que pudemos desfrutar do ambiente, dos vinhos e da comida. Acho que válido investir neste modelo onde você paga (pouco) por cada item que consumir, o que foi muito melhor que enfrentar tumulto e confusão para conseguir 25ml de vinho.

Eu pessoalmente adorei e acho que vale muito a pena… E que venha a edição 2018!