Close

11/09/2017

Novo roteiro leva você as vinícolas do Paraná

Assim como se vê no estado de São Paulo, o desenvolvimento de uma viticultura de qualidade vem se desenvolvendo fortemente no Paraná dos últimos anos e com resultados bastante promissores. Existem três polos principais, cidades com a característica comum de serem tradicionais produtores de uva de mesa que vem aos poucos se convertendo em uvas finas. O primeiro é a Região Metropolitana de Curitiba, de colonização predominantemente italiana estão os municípios de Colombo, São José dos Pinhais e Campo Largo onde se destaca a produção de Cabernet Sauvignon e Chardonnay. O segundo polo é o Oeste Paranaense, centralizado em Toledo onde encontramos Tempranillo, Sangiovese e Negro Amaro. Finalmente, no norte do Paraná quase na divisa com São Paulo encontramos a ultima fronteira do vinho paranaense nas cidades de Londrina, Marialva, Maringá e Rolândia.

Novo Roteiro de Vinícolas no Paraná

A Stelltour Viagens que já apresentamos aqui com o roteiro por São Paulo e Minas Gerais apresenta seu novo roteiro, agora pelas vinícolas do Paraná e concentrando as visitas nas melhores casas do polo da Região Metropolitana de Curitiba. Serão duas noites, visita a quatro vinícolas com dois almoços e um jantar harmonizado, tudo na companhia da incrível Sommelière Mikaela Paim. Para começar a sentir o gostinho da viagem, vamos fazer o perfil das quatro vinícolas que conheci pessoalmente quando morava na capital paranaense.

De quebra, os vinhos que eu já provei e recomendo virão marcados com uma estrela “⭐ ” todas as vezes que forem citados.

Araucária

Vinícola Araucária

Entrada da bela sede da Vinícola Araucária. Crédito da foto: Vinho sobre Vinho

Aceitando o desafio de produzir vinhos finos no paralelo 25°S, a Vinícola Araucária está situada a apenas 40 quilômetros de Curitiba, praticamente aos pés da Serra do Mar. Com sete variedades de uvas européias – cinco francesas e duas italianas – a vinícola produz o espumante Poty, da uva Chardonnay, e o tinto Angustifólia, da uva Cabernet Sauvignon.

O preparo da terra para o cultivo de uvas começou em meados de 2007 e o plantio das variedades européias foi feito em 2009. Numa área de três hectares (30 mil metros quadrados), mais ou menos a 980 metros de altitude, são cultivadas as uvas francesas Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Pinot Noir e Viognier e as italianas Nebbiolo e Teroldego. Já a vinícola teve a sua construção iniciada em 2008.

Vinhos da Vinícola Araucária

  • Espumante Poty Brut⭐
  • Espumante Poty Demi Sec
  • Angustifólia Cabernet Sauvignon⭐
  • Angustifólia Merlot
  • Angustifólia Chardonnay⭐
  • Gralha Azul Merlot
  • Cabernet Franc Gralha Azul

Legado

Vinícola boutique localizada nos arredores de Curitiba, cujo projeto surgiu em 1998 com apenas 200 pés de Cabernet Sauvignon, importados da França, hoje conta com 5 hectares de vinhedos de uvas viníferas que foram implantados a partir de 2006 em um parreiral localizado a 1040 metros de altitude, em solo argiloso-calcáreo, com manchas de cascalho, o que traz aos vinhos estrutura e alguns toques minerais dependendo da uva.

Nosso microclima de boa insolação e verões com muita amplitude térmica, de noites frescas (cerca de 18°C) que permitem uma maturação lenta das uvas e o desenvolvimento de seus aromas são plantadas as variedades tintas Cabernet Sauvignon, Merlot e Pinot Noir, além das brancas Viognier e Fiano di Avelino.

O investimento em tecnologias de manejo do parreiral incluem a utilização de telas de proteção aos cachos no período de maturação, e a utilização de carneiros para manter a limpeza da cobertura vegetal entre as linhas, diminuindo a necessidade de uso de aditivos químicos.

Fase de belas fotos mas pouco movimento nos parreirais depois da poda. Crédito da foto: divulgação.

Vinhos da Vinícola Legado

  • Flair Brut ⭐
  • Flair Brut Rosé ⭐
  • Sapienza Merlot-Cabernet
  • Sapienza Espumante Demi Sec
  • Sapienza Rosé
  • Sfizio Merlot – Passificadas ⭐

Franco Italiana

A história da Vinícola Franco Italiano teve origem quando a Família Rausis, vinda da França, e a Família Ceccon, vinda da Itália, chegaram à região de Colombo no Paraná, trazendo consigo a tradição do cultivo da parreira e da produção do vinho em suas casas. As duas famílias se uniram no ano de 1973 através do casamento de Ivonne Ceccon e Dirceu Rausis. O casal trouxe para o matrimônio esperança e o sonho de cultivar parreiras para a elaboração de vinhos. Como ambos tinham o costume da produção caseira do vinho, eles viram aí uma oportunidade de negócio. Dessa visão nasceu a Vinícola Franco Italiano.

Atualmente, a vinícola é reconhecida internacionalmente pela qualidade de seus vinhos. A Franco Italiano recebeu vários prêmios internacionais em reconhecimento das propriedades requintadas de seus vinhos. A primeira premiação veio no ano de 2008, com o Censurato Cabernet Sauvignon, no Concurso Internacional de Vinhos do Brasil. Esse renome abriu portas para várias outras premiações, inclusive fora do país. O primeiro prêmio de concursos no exterior foi conquistado em 2009, também pelo Censurato Cabernet Suvignon no Concurso Internacional de Bruxelas.

Vinícola Franco Italiano

Vinícola Franco Italiano. Crédito da foto: Vinho sobre Vinho

Além da produção de vinhos a Franco Italiano tem como grande atrativo (eu diria enorme) o belo Espaço Gastronômico instalado em uma casa da fazenda com mais de 100 anos de idade, mas totalmente moderno e reformado. O local apresenta um cardápio excepcional aliado a vinhos a preços da loja torna o lugar uma parada inesquecível.

Vinícola Franco Italiano


Parreiras ao fundo do espaço gastronômico da Vinícola Franco Italiano, com ovelhas cuidando em manter o local limpo e livre de ameaças. Segundo os funcionários, grande parte das uvas vem de outras regiões, mas não deixa de ser linda a visão. Crédito da foto: Vinho sobre Vinho

Vinhos da Vinícola Franco Italiano

  • Cuvée Excellence Réserve Brut ⭐
  • Espumante Moscatel
  • Sincronia Chardonnay⭐
  • Sincronia Branco Demmi Sec
  • Sincronia Licoroso Doce
  • Sincronia Merlot
  • Sincronia Shiraz ⭐
  • Censurato
  • Paradigma ⭐

Sobre a linha Paradigma: quando visitei a vinícola a linha não estava disponível para compra ou degustação, mas todas as noticias sobre ela são excelentes, então quebrando a regra que eu mesmo criei, indico com a ressalva que você deveria depois vir aqui nos comentários e me contar o que achou.

Cave Colinas de Pedra

Em 1999 foi adquirida uma área de 45 hectares localizada nos fundos da Estação Ferroviária de Roça Nova, no município de Piraquara – Paraná, a fim de construir uma pousada ecológica. No ano seguinte, foram adquiridos em leilão público, da extinta Rede Ferroviária Federal S.A – RFFSA, a estação, o túnel ferroviário desativado, localizado a 140 metros da estação e uma litorina sucateada. Todos foram arrematados com a intenção de integrar o projeto da pousada.

Antigo túnel da RFFSA transformado em cave para maturação de espumantes

Após a aprovação de todos os projetos, surgiu a ideia de viabilizar a adaptação do túnel em cave de maturação de espumantes. A partir de então, o túnel foi fechado nas duas bocas e, por dois anos consecutivos, foram realizados testes diários de temperatura e umidade, além de contatos e pesquisas com profissionais do vinho.

Ao final do período, foi constatado que a temperatura interna variava apenas 1°C ao longo de todo o ano, sendo 16°C no inverno e, no máximo 17°C, no verão, uma excepcionalidade que reunia as condições mais adequadas para a maturação de vinhos espumantes. Decidiu-se, então, postergar a construção da pousada, para investir em um audacioso projeto de maturação e processos finais do vinho espumante, dentro de um túnel.

Vinhos da Cave Colinas de Pedra

  • Espumante Brut ⭐
  • Espumante Extra Brut⭐
  • Espumante Brut (DO)⭐
  • Espumante Moscatel
  • Tinto Special Blend⭐
  • Licoroso Tinto
  • Licoroso Branco

Serviço: Vinícolas do Paraná

Você pode ter mais informações sobre o roteiro em stella@stelltur.com.br ou pelos telefones (11) 5042-3894 ou (11) 99963-3903.