Close

19/09/2017

Jundiaí na rota do enoturismo paulista

Mais uma investimento no enoturismo em São Paulo abre as portas, desta vez na cidade de Jundiaí. Dia 23 de setembro será lançado o Tour do Vinho da Vinícola Castanho, onde o tradicional produtor irá abrir as portas da propriedade e apresentar em detalhes como é o cultivo de uva e a produção artesanal da bebida. Para finalizar o passeio, uma imperdível degustação dos produtos da casa.

As vagas são limitadas e, para participar, é necessário comprar o ingresso pelo site: https://goo.gl/j8TPwy. O valor é R$ 45 por pessoa.

A partir de setembro, sempre no terceiro sábado de cada mês, os visitantes farão um tour guiado durante o qual visitarão os vinhedos, a adega e a produção dos vinhos. Além disso, conhecerão um pouco mais da história da família Leme da Silva, que fundou a Vinícola Castanho e há quase 50 anos contribui com a economia e o turismo de Jundiaí.

Vinhedos - Vinícola Castanho

Vinhedos na Vinícola Castanho

O administrador da empresa, Ricardo Leme da Silva, terceira geração a trabalhar com a bebida, explica que a ideia de criar o Tour do Vinho surgiu da vontade de promover o produto jundiaiense e ensinar os apreciadores, principalmente os iniciantes, a harmonizá-lo corretamente com as refeições. “Nosso objetivo é contribuir com quem está começando a consumir vinho, fortalecer o turismo no nosso bairro, o Castanho, e valorizar a região como produtora”, comenta.

Programação na Vinícola Castanho

  • passeio nos vinhedos e adega, com o guia João Leme da Silva, proprietário e enólogo da Vinícola Castanho
  • produção do vinho e história da propriedade
  • degustação e harmonização de vinhos e espumantes

Vinhos da Vinícola Castanho

Nos posts sobre Turismo tenho usado um critério de indicação, marcando com uma estrela “⭐” os vinhos que eu já provei e recomendo… Ainda não provei nenhum destes vinhos, mas assim que fizer a visita prometo uma matéria exclusiva sobre eles.

  • Serra dos Cristais Brut
  • Luar Moscato
  • Bordô Seco
  • Luar Merlot Tannat
  • Luar Cabernet Sauvignon
  • Espumante Serra dos Cristais Moscatel

Rota Turística do Castanho

A Vinícola faz parte da Rota do Castanho, que fica ao sul de Jundiaí e integra as atrações da Rodovia Tancredo de Almeida Neves, conhecida como Estrada Velha de São Paulo. Os turistas e moradores locais que fazem a rota podem conhecer a propriedade, seus vinhedos e produção de vinho e ainda outros lugares, como um sítio de produção de orgânicos e um espaço de lazer com 52 mil m2.

Para Silva, Jundiaí tem bastante potencial a ser explorado no âmbito do turismo rural, já que grande parte das 1200 pessoas que a Vinícola recebe por final de semana vem de São Paulo e Região Metropolitana. “Os turistas vêm em família e, geralmente, passam o dia inteiro na cidade, conhecem vários pontos turísticos e apreciam este contato com a zona rural, bem-diferente de sua realidade.”

Sobre a Vinícola Castanho

Barrica - Vinícola Castanho

Barrica – Vinícola Castanho

Hoje, a Vinícola Castanho é conhecida pela produção de vinhos, mas foi com a tradicional cachaça Ponte Torta – relançada há um ano -, que a empresa teve início. Em 1961, Aristides Leme da Silva trabalhava em uma fábrica de bebidas, onde aprendeu as técnicas de produção de vinhos, licores e destilados.

Trabalhar como empregado não bastava para ele. O sonho de Aristides era abrir seu próprio negócio e, em um impulso em busca de concretizar seu objetivo, saiu do emprego. Em sociedade com um amigo, passou a fabricar a cachaça.

A produção era distribuída em bares e a tradição oral da família conta que toda cidade conhecia e gostava da bebida. Em 1968, Aristides deixou a sociedade e fundou a Vinícola Castanho, com a intenção de revisitar suas origens, e passou a produzir vinhos também.

Desde então, a empresa produz e comercializa vinhos tintos, secos e brancos, licores, cachaças, espumantes, entre outros produtos.

Contato Vinícola Castanho

Travessa dos Patos, 1050, Castanho – Jundiaí/SP
(11) 4537-1502
http://vinicolacastanho.com.br


Com informações da Assessoria de Imprensa. Crédito das fotos: divulgação