Close

03/08/2017

Estudo promete acabar com o debate tampa de rosca versus cortiça

Os cientistas britânicos poderão em breve fornecer uma resposta definitiva para o longo debate sobre se um vinho tem melhor sabor se a garrafa for fechada por uma rolha de cortiça ou usando uma tampa de rosca.

O público em geral, e essa parte da notícia é realmente interessante, participou do experimento da Universidade de Oxford que está usando a tecnologia de escaneamento cerebral para testar como os sons, aromas e sensações associados à abertura de uma garrafa de vinho influenciam suas papilas gustativas. Sim, alguém bebeu vinho, mas pela ciência!

Perdoem o clichê, prometo caprichar mais na próxima.

Os pesquisadores também usaram nos participantes um hardware de varredura cerebral, monitorando os receptores de prazer enquanto participam de uma série adicional de testes. O experimento promete encerrar anos de debate na indústria do vinho sobre o qual método de fechamento que produz o melhor sabor.

A Ciência sobre Rosca versus Cortiça

A opinião dominante até agora parece ser que nenhum fechamento – cortiça natural ou sintética, tampa de rosca ou mesmo a mais recente rolha de parafuso – é perfeito. O professor Charles Spence, diretor de psicologia experimental do Laboratório de Pesquisa Crossmodal, disse que o experimento marcou o primeiro esforço dos cientistas para provar definitivamente que tipo de fechamento fornece a experiência de beber mais positiva. “Nossos cérebros têm um poderoso controle sobre nossas papilas gustativas, e será interessante ver os diferentes efeitos que os aspectos multi-sensoriais do vinho beber têm em nossa percepção do gosto”, disse ele. “Este é um debate que vem acontecendo no setor vitivinícola há muitos anos e esperamos que este julgamento contribua de maneira definitiva a esta fascinante questão”.

A experiência ao vivo foi realizado de 28 de julho a 29 de julho no Soho de Londres e os resultados serão divulgados no final deste ano.